Cursos

Textos Complementares

Abaixo estão alguns textos complementares sobre assuntos concernentes aos cursos que o Prof. Eduardo Navarro ministra na USP.

- Trecho da gramática tupi do Pe. Anchieta.

 

TEXTOS COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE TUPI I E II

 

CLASTRES, Pierre, A sociedade contra o Estado. São Paulo, Editora Cosac Naify, 2005.

FUNARI, Pedro Paulo et al., A pré-história do Brasil. São Paulo, Ed. Contexto, 2007

GRUPIONI, Luís D. B., Índios no Brasil. São Paulo, Editora Global, 2011

MELATTI, Júlio Cézar, Índios do Brasil. São Paulo, Ed. HUCITEC, 1993

NAVARRO, Eduardo de Almeida. Os estudos de tupi antigo e a crítica estruturalista

NAVARRO, Eduardo de Almeida. A ORIGEM INDIANA DE UM MITO DO BRASIL COLONIAL

NAVARRO, Eduardo de Almeida. Anchieta, Literato y Humanista

NAVARRO, Eduardo de Almenta. Glossário do Método Moderno de Tupi Antigo

NAVARRO, Eduardo de Almeida. Os falantes do tupi antigo

NAVARRO, Eduardo de Almeida. A terra sem mal, o paraíso tupi-guaraní.

NAVARRO, Eduardo de Almeida. Vida e obra de José de Anchieta

RAMALHO, Americo da Costa, HVMANITAS, vol. XLIX, USP, 1997.

SCHWANBORN, Ingrid. O Guarani era um Tupi?. Casa José Anchieta/Programa Editorial, Fortaleza, 1998.

VIEIRA, Antonio. Sermão do Espírito Santo. Sermões, 2000.

As fontes portuguesas para o conhecimento de Tupi Antigo

Quantos são os índios do Brasil?

As fontes francesas, holandesas, alemãs e inglesas para o conhecimento de Tupi Antigo

 

 

TEXTOS COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE TUPI III E IV

Glossário Sertanejo

BARROS, Cândida. O uso do tupi na Capitania de São Paulo no século XVII - Indícios da vida de um jesuíta "língua." In NOLL, Volker (org). O Tupi e o português no Brasil, Editora Contexto, 2010.

EDELWEISS, Frederico, O diretório de 1758: Proibição oficial do uso da língua geral. In Estudos Tupis e Tupi-Guaranis, Livraria Brasiliana, Rio de Janeiro, 1969, pp. 18-19; pp. 36-37

FACÓ, Rui. Cangaceiros e fanáticos: gênese e lutas. Ed. Civilização Brasileira, 1972.A grande seca de 1877-1879 no Nordeste: a língua portuguêsa suplanta o nheengatu na Amazômia

FOIRN, Instituto Sócio-Ambiental, Povos Indígenas do Rio Negro Alguns aspéctos da vegetação amazônica e do alto e médio Rio Negro.

FOIRN / Instituto Sócio-Ambiental. Os rios da Amazônia: rios de água branca, rios de água clara e rios de água preta, Os povos indígenas do Rio Negro.

FREIRE, José Ribamar Bessa. Rio Babel: a história das línguas na Amazônia. EdUERJ, 2004. Rio Babel - A história das línguas da Amazônia.

GRENAND, Françoise; Língua Geral, língua oficial da Amazônia no século XVII. In Pequeno dicionário da língua geral. Secretaria da Educação e Cultura, Coordenadoria de Assuntos Educacionais, Núcleo de Recursos Tecnológicos, 1989.

LEITE, Fabiana Raquel. A Língua Geral Paulista e o "Vocabulário Elementar da Língua Geral Brasílica." Dissertação (mestrado) – Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem. Campinas, 2013.

NAVARRO, Eduardo de Almeida. O Corista Europeu

NAVARRO, Eduardo de Almeida. Lida dos missionários com os sertanejos

NAVARRO, Eduardo de Almeida. Narração que faz um sertanejo a um seu amigo de uma viagem que fez pelo sertão.

NAVARRO, Eduardo de AlmeidaO último refúgio da Língua Geral no Brasil

NAVARRO, Eduardo de Almeida. A Amazônia no século XVI e na primeira metade do século XVII

REIS, Gustavo.  Morais Rego, a Cabanagem e o enfraquecimento da língua geral. In A Cabanagem. Manaus, Edições Governo do Estado do Amazonas, 1965 Século XIX na Amazônia.

A penetração portuguesa do médio e alto Rio Negro

O conde italiano Ermanno Estradelli: um mestre do nheengatu no século XX

 

OUTROS ARTIGOS DO PROF. EDUARDO NAVARRO

Comentários à recensão crítica de Eduardo Tuffani

Em torno da polêmica sobre a língua Pirahã

Recensão crítica do livro de Aline Cruz. Fonologia e Gramática do Nheengatú: a língua geral falada pelos povos Baré, Warekena e Baniwa. Países Baixos: LOT, 2011. 652 páginas, 1a edição.

Os problemas da tradução para as línguas exóticas nos século XVI e XVII - Natureza e características

Prefácio de uma festa brasileira em Rouen

A implantação da língua portuguesa no Brasil